Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Balada Segura contribui para a redução de mortes na Capital

Publicação:

Balada2
Porto Alegre foi o primeiro município a receber a Balada Segura.jpg - Foto: Douglas Mafra - DetranRS

Porto Alegre registrou em 2017 o menor número de mortes no trânsito em cinco anos. O balanço divulgado pela EPTC aponta uma redução de 11% no número de feridos e 2% nas mortes em relação a 2016. A Balada Segura contribuiu para esse resultado retirando de circulação, em sete anos de atividade, 21,3 mil motoristas sob o efeito de álcool ou que se recusaram a realizar o teste do etilômetro.

De 6.052 feridos e 92 mortos em 2016 passamos a 5.339 feridos e 90 mortes em 2017. Entre as vítimas fatais de 2017, quase metade dos casos (48,2%) envolvia condutores alcoolizados ou que excederam os limites da velocidade permitida.

A Balada Segura atingiu em 2017 a marca de 200 mil testes de etilômetro realizados em Porto Alegre. Foram 3,9 mil testes de etilômetro positivos e 16,6 mil recusas ao teste. Também foram presos nas blitze da Capital 768 condutores dirigindo com teor de álcool no sangue que o Código de Trânsito Brasileiro classifica como crime de trânsito.

A Balada Segura é realizada em Porto Alegre por agentes do DetranRS, agentes da EPTC e Brigada Militar. O número de abordagens de veículos realizadas na blitze da Capital cresceu 1.400% desde 2011, quando foi lançada a operação. Hoje, são realizadas blitze diariamente, às vezes com operações paralelas na mesma noite.

Balada Segura